Radio Lacan
PODCASTS

Psicanálise da Orientação lacaniana

No dia 29 de março de 2015, como parte da Bienal de Democracia em Turim, aconteceu uma conversação, que foi organizada em colaboração com o Instituto de Psicanálise de Orientação Lacaniana de Turim e da sede local da SLP, sobre o tema: “A democracia na era da pluridiversidade: a contribuição da psicanálise”, na qual participaram Marie-Hélène Brousse e Luisa Passerini. Na época das diásporas mundiais que criam novas relações entre as culturas, qual o significado de democracia e, a ela, em que a psicanálise contribui? Marie-Hélène Brousse respondeu a argumentos pontuais formulados por Luisa Passerini, através de uma reflexão, a qual, conforme o contexto dos atentados de janeiro em Paris acaba por demonstrar a insuficiência de soluções laicas frente aos múltiplos discursos contemporâneos.
Luisa Passerini é Professora de História da Cultura na Universidade de Turim, da Universidade Européia de Florença e da Universidade de Columbia em Nova York.
Marie-Hélène Brousse é psicanalista em Paris, AME, membro da ECF e da AMP. É Docente do Departamento de Psicanálise da Universidade de Paris 8 e da Seção Clínica de Paris-ile-de-France. É membro da Comissão de Garantia da ECF e Diretora da revista da ECF "A causa de desejo".
Laura Rizzo is a psychoanalyst in Rome, member of the SLP and the WAP Correspondent in Italy and member of Radio Lacan International Committee.
Rádio Lacan agradece a Bienal de Democracia da cidade de Turim, por ter cedido à gravação da reunião (www.biennaledemocrazia.it) e a Diretoria de Turim da SLP, especialmente, a Rosanna Tremante por sua colaboração.
Episódio 1
Uma contribuição da psicanálise para a Bienal de democracia na cidade de Turim
Por Marie-Hélène Brousse
Estabelecido por: Laura Rizzo
28:59 minutos | Áudio em Italiano | Gravado em 05.04.2015
Pierre Naveau