Radio Lacan
PODCASTS

Psicanálise da Orientação lacaniana

Apresentam: Ennia Favret, Aníbal Leserre, Guillermo Belaga. Coordena: Marisa Morao. No marco da Noite da Escola, aconteceu na EOL à primeira noite posterior ao "Acontecimento Sorano" realizado na FUC no passado mês de maio, Jacques-Alain Miller nos convidou desde o teatro Sorano a redirecionar o ensino de Lacan, os convidados para esta noite fizeram este trabalho, colocando em sincronia o Ultimíssimo ensino de Miller à luz do passe. Ennia Favret, AME da EOL e da AMP situa "O passe do falasser a partir da diferença entre o inconsciente transferencial e o inconsciente real, o fim de uma análise como satisfação, orientam o trabalho do passe atualmente. Um ensino que sublinha a singularidade de cada experiência. Esta hipótese se partilhava com as outras: a desidealização do passe e a mobilização por uma política da psicanálise que faça parceria com um desejo de passe". Aníbal Leserre, ex AE, AME da EOL e da AMP, nos diz: "Me permiti enfocar os rudimentos que irei aqui delinear desde uma ótica um pouco diferente do título desta noite, invertendo a formalização: “O passe: algumas luzes e algumas sombras desde o Ultimíssimo ensino de Lacan". E Guillermo Belaga, ex AE, AME da EOL e da AMP: "O Curso de Jacques-Alain Miller me conduziu a uma releitura do passe desde o ponto de vista da relação à psicanálise: o passe bis como uma relação do inconsciente real e a causa analítica".
Episódio 1
O que ilumina o passe no Ultimíssimo ensino de Lacan
Por Ennia Favret, Marisa Morao
22:43 minutos | Áudio em Espanhol | Gravado em 01.05.2014
Episódio 2
O passe: algumas luzes, algumas sombras desde o Ultimíssimo ensino de Lacan.
Por Aníbal Leserre
22:59 minutos | Áudio em Espanhol | Gravado em 01.05.2014
Episódio 3
Uma releitura do passe
Por Guillermo Belaga
21:12 minutos | Áudio em Espanhol | Gravado em 01.05.2014
Episódio 4
Conversação: “O real não fala, mas, testemunha”
Por Aníbal Leserre, Guillermo Belaga, Ennia Favret, Marisa Morao
31:31 minutos | Áudio em Espanhol | Gravado em 01.05.2014
Pierre Naveau